E o Vestido?

Nos últimos dias a notícia sobre o vestido de uma aluna de uma Instituição de Ensino Superior Particular tomou conta de parte ou boa parte dos noticiários das mais diversas emissoras.

Segundo a versão da imprensa a referida moça usava um vestido curto e que por conta disso vários alunos a hostilizaram e a ameaçaram. Não gosto muito de me posicionar neste espaço, mas fora eu, alguém mais achou estranho a reação dos alunos da faculdade frente ao fato? Nas ruas, nas empresas, nos mais diversos espaços (públicos e privados) vemos mulheres com padrões de beleza superiores ao da moça, com roupas tão ou mais curtas que as dela e não vemos este tipo de reação.

Sou formado pela referida Instituição e estudei com uma colega, realmente muito bonita. Muitos (muitos mesmo) rapazes de outros cursos e/ou anos passavam pela minha sala para observá-la. Tenho certeza que ela ouviu uma infinidade de palavras agradáveis ou não, porém nunca a vi passar por uma situação semelhante com a relatada.

É a mesma Instituição, o mesmo grupo de alunos, a mesma formação, o que mudou?

A imprensa em sua busca desenfreada por audiência, não se importa com o que realmente aconteceu. Que mostrar com exclusividade, quer ter maiores detalhes, quer maior repercussão.

Não quero eleger culpados, apenas gostaria que as pessoas dessem mais importância as coisas realmente importantes deste País e tivessem mais discernimento em avaliar notícias. Onde estava a UNE nas manifestações contra Sarney? Onde estavam as manifestantes vinculadas a grupos feministas apoiando diariamente quem realmente é vítima de violência motivada por intolerâncias?

Acredito que todos perderam com esta história, a moça que aparentemente está mal orientada por seus advogados, a Instituição que se precipitou em anunciar o desligamento da aluna e deu margem para pré-julgamentos da imprensa e demais veículos de comunicação, os alunos e ex-alunos da instituição que por conta do imbróglio foram atingidos, sendo taxados como maus profissionais e a população em geral que mais uma vez teve que ser telespectadora de outro episódio que nem merecia aparecer na mídia.

Que bom que agora há o apagão para ser explorado...

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, TUCURUVI, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese